Este blog encontra-se inativo. Se quiser continuar lendo o que escrevo me acompanhe aqui:http://sheilaromejon.blogspot.com.br/

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Teoria Geral das Neuroses - Parte 5


Freud explica o desenvolvimento da libido a partir do nascimento do bebê. Neste primeiro momento, como citado anteriormente, o prazer é oral. Posteriormente a criança passa para a fase anal (Freud chama esta fase de sádica-anal), em seguida a fálica, latência e por fim a genital.

Durante a fase fálica aparece um componente de extrema importância para a Psicanálise: o Complexo de Édipo. O menino toma a mãe como objeto para o seu desejo (e a menina, o pai). Entretanto, neste momento o mecanismo da repressão já atua no psiquismo da criança, escondendo o intuito sexual por trás deste desejo.

Para Freud, este desejo incestuoso - mesmo que não consumado - é uma das mais importantes causas do sentimento de culpa que frequentemente perturba os neuróticos.

Ele também chama a atenção para um ponto muito interessante referente à infância. Ele explica que a ordem de nascimento da criança entre os irmãos e irmãs é de grande importância para o seu desenvolvimento. Um menino, ao presenciar o nascimento do irmão mais novo pode vê-lo como mais um rival na disputa pelo amor da mãe. Uma menina caçula, entre outros irmãos homens mais velhos, pode tomá-los como substitutos do pai na posição de objeto de desejo. Certamente esta é uma questão a ser considerada no curso de uma análise na fase adulta.

Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário